notícias

10 NOV // Linha de Fuga visita… o CAPC

O Linha de Fuga propõe aos participantes do Laboratório, durante a sua estadia de três semanas em Coimbra, um conjunto de atividades paralelas que vão permitir que conheçam a dinâmica cultural da cidade e os seus atores. Em particular, de cada um dos parceiros oficiais do Linha de Fuga, foi escolhida uma iniciativa para ser visitada pelo grupo. Hoje, 10 de novembro, sábado, às 18 horas, o Círculo de Artes Plásticas de Coimbra (CAPC) promove uma visita guiada por Filipe Feijão, Jorge Maciel e Vasco Costa à exposição que têm patente no Círculo Sereia. «Até que o fim rime e a corda estique» e o Linha de Fuga vai estar lá!

Publicado a

9 NOV // Começa hoje

Marta Costa e Karine Paniza da Notícias UC falaram com Catarina Saraiva

«Está a chegar o Linha de Fuga. De 9 de novembro a 1 de dezembro, Coimbra recebe a primeira edição do festival internacional que se vê como tendo “duas faces”. De acordo com a diretora do projeto e curadora, Catarina Saraiva, o Linha de Fuga é “um festival de artes performativas com instalação e cinema e, por outro lado, é um laboratório de criação artística internacional”.
Com espetáculos todos os fins-de-semana, continua a curadora, é um festival que “foi muito pensado na perspetiva de que não há uma única visão do mundo”.
O laboratório, por sua vez parte da ideia de “o que eu tenho a dizer ao mundo desde a minha origem e como é que eu posso produzir conhecimento a partir da arte”. Após uma convocatória internacional, dez artistas portugueses e dez internacionais vão participar em seminários com os artistas participantes do festival. “Vão estar durante a semana em trabalho e, cada sábado, vão apresentar os seus projetos à cidade”, explica Catarina Saraiva, sublinhando a forma experimental como o festival foi pensado. Tornar mais fortes as “relações entre artistas, conteúdos, discursos, críticas e cidade”, é o objetivo.
Palcos como o Teatro Académico de Gil Vicente, o Teatro da Cerca de São Bernardo ou o Antigo Grémio Operário são alguns dos pontos onde vai passar o Linha de Fuga. A intenção “é mesmo que as pessoas circulem pela cidade e que haja uma ligação com a cidade”, conta Catarina Saraiva.» Reportagem da Noticias UC

Publicado a

Workshops: inscrições abertas

Na semana de 26 a 30 de novembro abrimos dois workshops à participação: um laboratório de criação orientado pela coreógrafa uruguaia Federica Folco e um workshop para profissionais de dança orientado pelo coreógrafo suíço Thomas Hauert.
Inscrições abertas até às 17h de 22 de novembro.

Federica Folco realizará o workshop de criação onde propõe a montagem-laboratório da obra Fuá – la lengua de nuestras posibilidades, a partir de colaboração e encontro com artistas que participam no workshop/laboratório.
O workshop é gratuito e aberto a profissionais e não profissionais.
> +info e formulário de inscrição

Thomas Hauert propõe um workshop onde aplica as suas metodologias de criação onde os participantes, sob orientação do coreógrafo, são responsáveis pela invenção e implementação de seus próprios movimentos, mas também pela criação e desenvolvimento de estruturas de grupo.
O workshop tem o custo de 80€.
+ info e formulário de inscrição

Publicado a

8 NOV // começa amanhã em Coimbra

Começa amanhã, 09 novembro, em Coimbra, a primeira edição de um laboratório e festival internacional de artes performativas que decorrerá em Coimbra até 1 de dezembro de 2018. Para lá da dimensão de Festival aberto ao público, com a apresentação de espetáculos em vários locais da cidade, LINHA DE FUGA realiza um Laboratório que promoverá o encontro entre artistas nacionais e estrangeiros para intercâmbio de práticas artísticas.

A abertura de Linha de Fuga acontece com a inauguração da instalação Terceiro Andar de Luciana Fina, no dia 9 de novembro, sexta-feira, às 18 horas, no Laboratório de Curadoria do Colégio das Artes UC. O Colégio das Artes acolhe esta iniciativa no mesmo dia em que inaugura a exposição coletiva “Victória sobre o Sol – From Black Square to Loophole” e a exposição individual de João Queiroz “Água e Luz”. A instalação poderá ser visitada até 28 de dezembro, de segunda a sexta-feira. A entrada é livre.

No dia 10 de novembro, sábado, pelas 21h30, Miguel Pereira apresenta Peça para Negócio, no Teatro Académico de Gil Vicente. O bilhete tem preço único de cinco euros.

Publicado a