Camilla Morello

dança, performance
[Itália / Lisboa]

Formada em interpretação pela Scuola Nazionale di Cinema, em Roma, licenciada em Antropologia pela Universidade La Sapienza e Université 8, Paris, estudou dança com Olga Roriz, Francisco Camacho, Vera Mantero, João Fiadeiro, João Garcia Miguel e Rui Catalão.Trabalhou com Miguel Moreira, Tamara Cubas, Miguel Pereira, Catarina Câmara, Mauricia Neves. Apresentou as suas criações no Teatro Black Box (Centro Cultural de Belém), na Moita Mostra, no Espaço Alkantara e no Crew Hassan. Dá aulas de movimento.

 

[Projeto proposto: Urna]

Este solo reflete sobre a relação entre o ser humano e a sua identidade social, inspirado pela leitura do poema do Giulio Morello Multa per inane videbis corpora, título que cita o De rerum natura de Lucrezio:

“Imaginemos um indivíduo em movimento
que em cada passo extraia de uma urna
a instrução para o passo seguinte:
direita esquerda frente trás.
Imaginemos que milhões de indivíduos se movem da mesma forma, ora:
o que é que nos distingue dos corpúsculos de gás?
Talvez a ilusão de governar o destino?”

Urna propõe-se refletir sobre a sobrevalorização da consciência a partir da pergunta: Como se desconstrói o indivíduo informado cultural e socialmente, depois de entrar no loop das suas próprias cegas convicções? Movimentos, palavras, símbolos esvaziados de significado repetem-se até ao ridículo para podermos refletir acerca da urgência de reduzir (ou elevar?) o ser humano à besta rendida.

⟵ participantes

SalvarSalvar